sábado, 15 de outubro de 2011

O anjo da guarda ...

Eu estou cansada de você me fazendo chorar todo tempo.
Eu sei que mais cedo ou mais tarde você vai me trocar por uma mulher mais magra, mais bonita e mais inteligente. Depois disso eu vou definhar até morrer.
Você vai no meu enterro com ela e então ela vai olhar nos seus lindos olhos e vai dizer "Não chora amor, as lembranças vão estar no seu peito" você vai sorrir e lhe dar um beijo na testa. Eu vou me recusar a fazer a passagem e vou ser seu anjo da guarda. Vou ver sua felicidade com ela e vou ver que desistiu dos nomes que haviamos escolido para nossos filhos. Um dia você vai brigar com ela e vai para seu quarto chorar sozinho. Vai se lembrar de uma das nossas brigas e vai rir, porque vai ver que a briga foi por imaturidade. Vai rir e eu irei rir junto. Você não vai sentir, mas eu vou estar te abraçando e então seu filho vai entrar no quarto te chamando para brincar e vai notar seu choro. Ele vai dizer que te ama e você vai abrir esse lindo sorriso. Depois de muitos anos você vai morrer e então você vai querer continuar com seus filhos e será o anjo deles. Eu vou ter cumprido meu dever, Deus vai tirar tudo que não for amor do meu peito e quando nos juntar - mos novamente seremos luz.