segunda-feira, 13 de junho de 2011

Eu posso ...

  Posso olhar em todas as direções e tirar todas as fotos de todas as coisas que me agradam,mas ninguém pode me ver escrever ou ler meus textos. Ler meus textos seria me ler, seria ler minha alma e isso seria perigosos para mim. Meus textos, cada verso, cada palavra e cada virgula demonstram pedaços meus. Pedaços que tento montar, pedaços pequenos e grandes, apenas pedaços soltos. Pedaços soltos porque eu me sinto solta. Me sinto um pedaço solto ao vento,mudando ao sabor do vento e fazendo parte do vento.